segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Reajuste dos combustíveis começa a valer

O reajuste de impostos sobre os combustíveis começou a valer, oficialmente, a partir da meia noite deste domingo (1º).  Segundo decreto publicado no Diário Oficial da União, o impacto sobre a gasolina será de R$ 0,22, e  de R$ 0,15 para o diesel. Na prática, os postos só podem fazer o repasse para o consumidor após a compra de combustível já reajustado pelas distribuidoras. Em  Natal, as unidades se dividem: algumas devem iniciar a venda com acréscimo ainda hoje, outras deixam para o início da semana. Sábado (31), o dia foi de corrida aos postos. 

Em nota, o Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo do Rio Grande do Norte (Sindipostos) afirma que o repasse pode ser maior do que o estipulado pelo Fisco, uma vez que, além do acréscimo de PIS e Cofins, ainda será repassado os gastos com energia elétrico e aumento do salário mínimo. Já a Cide (Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico) só deve reincidir sobre os combustíveis em 90 dias, após a regulamentação. Ainda segundo o Sindipostos, o valor do repasse é determinado por cada operador.


Na manhã de sábado (31), motoristas natalenses iniciaram a corrida aos postos. Foi o caso do operador de máquinas José Moura Martins. Morador da zona norte de Natal, gasta R$ 200 por mês com o abastecimento do carro. Ele decidiu segurar mais o uso do veículo com o reajuste. “A gente usa carro não porque quer ter o bem, mas porque precisa  para ir a um médico, uma necessidade. Para fazer uma brincadeira, ir para Touros, já não vai dar”, comentou o operador, que correu para encher o tanque no posto Alvorada, na Estrada da Redinha. 

Nem todos os postos redefiniram o acréscimo no litro de combustível. O reajuste dos postos só é autorizado a partir do momento em que eles começam a comprar por um valor mais caro. Proprietário do posto Alvorada há 16 anos, Agenor Sobral afirma que o aumento bruto será de, no mínimo, 20%. “Nesta semana já houve aumento no repasse das distribuidoras. Subiu de R$ 2,77 para R$ 2,94 o litro. O aumento tem que ser no mínimo 20% bruto para compensar pelo menos a energia”, afirma. O posto fazia o reabastecimento ontem, com previsão para comprar mais combustível amanhã (2). “O reajuste só segunda ou terça”, acrescentou Sobral.

Já no posto Godeirão, também na zona norte, o aumento começaria a valer na meia noite deste domingo, mas o valor não estava definido. No posto 1002, motoristas também já começavam a fazer fila para aproveitar o valor não-reajustado. “Vi o pessoal falando do reajuste no whatsapp, mas subindo ou descendo o valor, a gente tem que reabastecer, não é?”, comentou o servidor público Adelfo Gondim. Na zona norte, o preço da gasolina comum variava entre R$ 2,99 e R$ 3,06.

Pesquisa

O Procon Natal divulgou ontem a última pesquisa sobre os preços de combustíveis na capital antes do reajuste. De acordo com o levantamento, a gasolina comum  comercializada a R$ 3,07. O posto mais barato apresentou valor de R$ 2,95, e o mais caro de R$ 3,17. Nova pesquisa deve ser divulgada em fevereiro. 

Nenhum comentário: