terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Atheneu faz 181 anos de cara nova

Reformado, o Colégio Atheneu Norte-Riograndense comemora hoje (3) seu aniversário de 181 anos. Após quase 30 anos sem restauração, a obra foi entregue em dezembro de 2014, com redes elétrica e hidrossanitária recuperadas, reforma dos banheiros, novo centro de convivência, refeitório, sala do Grêmio, sala de ex-alunos, lanchonete e laboratórios de Química, Física e Biologia equipados. A escola agora conta com sala para o Núcleo de Tecnologia Educacional do Estado, um setor de suporte técnico e pedagógico para as escolas. 

Quadra e ginásio também estão de cara nova. Mas os alunos podem iniciar as aulas com as salas ainda sem climatização. A Secretaria Estadual de Educação informou que os aparelhos de ar condicionado já chegaram, mas não soube precisar data para a instalação dos equipamentos.

A parcela do Governo do Estado correspondeu a R$ 2,2 milhões e a escola também ganhou novo teto, instalações de pontos de acessibilidade, incluindo rampas e elevador de plataforma, além de 60 câmeras de monitoramento e estúdio para a Rádio Conexão Atheneu, um dos projetos que pertencem ao programa Ensino Médio Inovador. A transmissão é feito pelos próprios alunos da instituição, explica a vice-diretora Adriana Aquino. “Eles têm uma hora a mais para participar de atividades extras”, também nas áreas de Literatura, Biologia e Química.  “A escola estava deteriorada. Agora está moderna. Existiram alguns transtornos, mas valeu a pena”, disse a diretora Tânia Maria, que está no cargo há poucas semanas, mas na escola, há 26 anos. 


A poeira foi um dos contratempos a que se refere a educadora. Muitos ficaram doentes. Professores e alunos. Ela própria disse ter ficado com crise de sinusite. Com isso, a evasão escolar também cresceu. Apenas 73% dos alunos que iniciaram o ano letivo no Atheneu concluíram as atividades de 2014 na escola. 

Dos 1.180 matriculados, só 870 estudantes continuaram até o final do ano. A expectativa para 2015 é que o numero chegue a cerca de 1.400, divididos nas 36 turmas do Ensino Médio nos turnos matutino e vespertino, podendo haver necessidade de contratação de novos professores.

De acordo com a diretora, a escola já chegou a ter 3 mil alunos e poderia receber mais do que 1.400, mas disse que esse é um número razoável para instituição desse porte. Ela também enumera características do cenário nacional, que acredita ser determinante para o encolhimento da rede estadual de ensino. 

“Hoje os alunos chegam ao 2º ano, fazem o Enem e revalidam o Ensino Médio com a nota. Não chegam a concluir. Também tivemos um grande avanço na rede de Institutos Federais. Isso é ótimo, mas também reduz o número de alunos nas escolas estaduais. E ainda tem o ensino supletivo, que permite que o aluno conclua os estudos em um tempo bem menor”. 

Alunos e direção preparam homenagem a professores
Para celebrar o aniversário do Colégio Atheneu Norte-Riograndense, alunos e direção estão preparando um chá comemorativo, com apresentações de música e dança dos adolescentes, a partir das 17h da tarde de hoje (3). Na ocasião, a presidente da Associação dos Ex-alunos do Atheneu, Naldemir, vai prestar homenagem ao professor Jaime Vital, falecido em 2014. 

Vital foi diretor da escola por duas vezes nos anos 90. E Tânia Maria conta que o seu amor pela instituição era tanto que até aos domingos ele não deixava de ir lá. “Passava aqui antes de ir à missa”, conta, avisando que a família do educador estará presente para receber a homenagem.  

Para realizar a festa, a presidente do Grêmio Escolar, Maria Luiza, do 3º ano, voltou à escola antes do início das aulas, que este ano será em 2 de março. 

“Ficamos com a programação cultural e decoração, além da convocação dos alunos”, explicou a jovem, que não poupa tempo para ajudar nas atividades da escola. “Tanto a estrutura quanto o ensino do Atheneu são muito bons, graças à comunidade escolar, que luta por melhorias”, conta. 

“A maioria das pessoas tem uma visão ruim da educação pública, mas essa não é a realidade do Atheneu”. 

Nenhum comentário: