terça-feira, 14 de outubro de 2014

Com show de Neymar, Brasil goleia Japão

Contra a Argentina, ele ficou no "quase". Nesta terça-feira (14), diante da frágil seleção do Japão, Neymar marcou quatro gols e levou o Brasil a mais uma vitória contra os asiáticos. Em 11 jogos contra os japoneses, o Brasil soma nove vitórias e dois empates.

O técnico Dunga preferiu manter a base da seleção que venceu a Argentina, no sábado (11), por 2 a 0. A única mudança ocorreu na defesa, com David Luiz, machucado, dando lugar a Gil, que fez sua primeira partida como titular da seleção. No mais, os mesmos jogadores atuando em prol do astro da companhia. E não demorou para o primeiro gol.


Depois de boa jogada de Diego Tardelli, que marcou os dois gols contra a Argentina, Neymar recebeu passe em profundidade, driblou o goleiro e mandou para as redes, abrindo o placar logo aos 17 minutos do primeiro tempo. O gol deu tranquilidade, mas o gramado seguiu prejudicando o bom andamento do jogo. Sem novas boas oportunidades, o Brasil foi para os vestiários com a diferença mínima no placar.

Na volta do intervalo, Dunga promoveu três mudanças imediatas na equipe: Mário Fernandes entrou na vaga de Danilo, Philippe Coutinho na de Oscar, e Éverton Ribeiro no lugar de Willian. Com as mudanças, o Brasil seguiu dominando e voltou ás redes.

Logo aos dois minutos, Philippe Coutinho encontrou Neymar, mais uma vez em velocidade, e lançou. O camisa 10 olhou para o goleiro Kawashima e, com um toque rasteiro, ampliou o placar. A partir daí, o Brasil deitou e rolou sobre o Japão.

Sempre em velocidade, a equipe de Dunga criou boas oportunidades e só foi ameaçada em um chute de Okazaki, aos 10 minutos, que explodiu na trave de Jefferson. O lance não abalou o Brasil, que manteve o ritmo e, mais tarde, ampliaria o placar, 

Após as entradas de Robinho e Kaká, o camisa 10 fez cruzamento para o ex-melhor do mundo, que cabeceou na trave. Na sobra, Phillipe Coutinho chuta e o goleiro dá rebote. Neymar aproveita a sobra e marca o terceiro. Não era, porém, o fim da atuação de gala do craque brasileiro.

Depois de tabela entre Kaká e Robinho, o meia do São Paulo cruzou pelo lado direito e, mais uma vez, Neymar estava na área para conferir. O camisa 10 finalizou de cabeça e deu números finais à partida.

Nenhum comentário: