domingo, 12 de outubro de 2014

Cidade da Criança é reaberta após seis anos interditada em Natal

Seis anos depois de ter sido interditada, a Cidade da Criança foi reaberta neste domingo (12) para a comemoração do Dia da Criança em Natal. A recuperação do parque manteve ambientes que existiam antes e possibilitou a criação de outros. São 25 mil metros quadrados com parque infantil, biblioteca, Casa de Vozinha, corredor cultural, escola de artes, anfiteatro, Museu Taxiderme, Espaço Emater com horta agroecológica, Museu RN na Copa, Igrejinha e a Lagoa Manoel Felipe com pedalinhos.

“Essa é uma obra que valeu a pena fazer porque é realmente um espaço que o natalense gosta e queria ter de volta, levamos um pouco mais de tempo pelas adequações que se faziam necessárias com relação a acessibilidade, limpeza da lagoa e paisagismo, tudo isso para que todos possam aproveitar plenamente a área e em segurança”, afirmou a governadora Rosalba Ciarlini, que compareceu à reabertura do parque.


Para marcar a reabertura e comemorar o mês das crianças, foi preparada uma programação especial. Do dia 13 ao dia 31 ocorrerão apresentações musicais, teatrais, oficinas, artes visuais, atividades lúdicas, brincadeiras, manifestações de cultura popular e muito mais.

A programação do "Outubro: Alegria da Criança" acontecerá de quinta a domingo e será totalmente gratuita.

O funcionamento normal do espaço será sempre das 8h às 18h, com a pista de corrida aberta a partir das 5h.

Reforma
Interditada em 2008, a Cidade da Criança teve as obras de reforma, ampliação, adequação iniciadas em dezembro de 2009, pela construtora M&K, que desistiu do contrato em 2011. A obra foi novamente licitada, tendo a Construtora Ramalho Moreira reassumindo as obras em 2012. A Cidade da Criança teve investimento de R$ 9 milhões.


Nenhum comentário: