quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Cláudio Santos será o novo presidente do TJRN

Gestão participativa, com o mínimo de mudanças administrativas, foco no interesse público e para fazer o Poder Judiciário potiguar continuar avançando. Essas são os pontos apontados pelo desembargador Claudio Santos, eleito na sessão desta quarta-feira (15) para o cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) para o biênio 2015-2016. “A partir de amanhã, visitarei cada colega desta Corte, para ouvi-los, para que todos possam colaborar com ideias e sugestões para o êxito da gestão”, adianta o presidente eleito da Corte. “Não tenho dúvidas que o trabalho da Justiça em nosso Estado irá avançar cada vez mais, e que muitos projetos bem sucedidos deverão continuar, e aquilo que deva ser aperfeiçoado, será”, observou o presidente do TJ potiguar, desembargador Aderson Silvino ao felicitar o eleito.

Também foram eleitos para os demais cargos, os desembargadores Amílcar Maia (vice-presidente), Saraiva Sobrinho (corregedor geral da Justiça), Expedito Ferreira de Souza e Judite Nunes (ouvidor geral e substituta, respectivamente), Vivaldo Pinheiro (diretor da Esmarn), Ibanez Monteiro e João Rebouças, Glauber Rego e Gilson Barbosa (titulares e suplentes do Conselho da Magistratura, respectivamente), Dilermando Mota (diretor da Revista de Jurisprudência).

O presidente Aderson Silvino destacou o fato de a eleição ser aberta, mostrando o compromisso do TJRN com a transparência.

Decano do TJRN, o desembargador Amaury Moura Sobrinho saudou os eleitos ao dizer que a eleição representa a prática da democracia e recebeu com satisfação a disposição do colega Claudio Santos para desenvolver uma administração compartilhada.

Nenhum comentário: