terça-feira, 5 de maio de 2015

América-RN domina prêmio da FNF, mas campeões não comparecem

Com seis jogadores, o América-RN dominou a seleção do Campeonato Potiguar 2015, divulgada pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol durante a quarta edição do Prêmio Craque Potiguar. O curioso é que nenhum deles apareceu para receber os troféus. O evento foi realizado na noite desta segunda-feira, na Arena das Dunas, e homenageou os destaques da competição. Kayke, atacante do ABC, foi eleito o craque do campeonato e foi o jogador mais premiado da noite.
Presente à festa, Eduardo Rocha, um dos diretores de futebol do Mecão, representou os atletas ao lado de José Rocha, presidente do Conselho Deliberativo. O dirigente destacou que os jogadores foram liberados para rever os familiares ou tinham outros compromissos. A informação nos bastidores, porém, é que os atletas não participaram do evento em "solidariedade" a Roberto Fernandes, que perdeu a disputa de melhor técnico para Josué Teixeira, do ABC. RF teria ficado chateado ao tomar conhecimento do resultado da votação feita pelo júri de jornalistas escolhidos pela FNF, encerrada antes das finais.

Com seis jogadores, o América-RN dominou a seleção do Campeonato Potiguar 2015, divulgada pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol durante a quarta edição do Prêmio Craque Potiguar. O curioso é que nenhum deles apareceu para receber os troféus. O evento foi realizado na noite desta segunda-feira, na Arena das Dunas, e homenageou os destaques da competição. Kayke, atacante do ABC, foi eleito o craque do campeonato e foi o jogador mais premiado da noite.
Presente à festa, Eduardo Rocha, um dos diretores de futebol do Mecão, representou os atletas ao lado de José Rocha, presidente do Conselho Deliberativo. O dirigente destacou que os jogadores foram liberados para rever os familiares ou tinham outros compromissos. A informação nos bastidores, porém, é que os atletas não participaram do evento em "solidariedade" a Roberto Fernandes, que perdeu a disputa de melhor técnico para Josué Teixeira, do ABC. RF teria ficado chateado ao tomar conhecimento do resultado da votação feita pelo júri de jornalistas escolhidos pela FNF, encerrada antes das finais.
Larrisa Moura musa do Santa Cruz-RN (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)
- Fico muito feliz, mas confesso que eu não esperava. Pena que a gente não foi campeão. É até difícil comemorar. Títulos individuais são importantes, fazem parte da nossa realização pessoal, mas tudo isso é fruto de um trabalho em equipe - disse Kayke.
O prêmio de melhor dirigente foi para Rodrigo Pastana, diretor de futebol do ABC, que levou, ao todo, nove troféus. No apito, Ítalo Medeiros de Azevedo foi eleito o melhor árbitro da competição.
Na disputa pelo título de Musa do Campeonato Potiguar 2015, a representante da equipe do Santa Cruz-RN, Larissa Moura, levou a melhor e ficou com o prêmio de R$ 3.000. Eleita por um júri especializado, Larissa superou na final do concurso as representantes do ABC, Mariana Moura, e do Alecrim, Fernanda Medeiros.
Kayke, atacante do ABC - craque do Campeonato Potiguar (Foto: Klênyo Galvão/GloboEsporte.com)

Nenhum comentário: