quinta-feira, 14 de agosto de 2014

O milagre aconteceu: 5 a 2. América avança de fase

O América conquistou uma verdadeira façanha ao chegar ao Rio e transformar um jogo que parecia um mero cumprimento de tabela, numa feito heroico para o time potiguar. A equipe precisava derrotar o Fluminense no Maracanã por diferença de três gols, largou na frente, sofreu a virada ainda no primeiro tempo, mas na etapa complementar promoveu um verdadeiro show no maior palco do futebol mundial, chegando aos 5 a 2 e conquistando a vaga para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. Marcelinho, Max, Alfredo (2) e Rodrigo Pimpão marcaram para o time natalense, enquanto Fred e Cícero descontaram para o tricolor.

Depois de sofrer alguns sustos, o primeiro gol americano saiu aos 16 minutos, com um chutaço de Marcelinho, da entrada da área. Após rondar a área potiguar com bastante perigo, o empate carioca saiu aos 31, após uma sessão de toques de bola e um passe precioso de Cícero, que encontrou Fred livre, na grande área. O atacante que tinha a noite festiva por chegar aos 200 jogos com a camisa do clube, tocou no canto esquerdo de Fernando Henrique e comemorou. O empate só aumentou a fome da equipe que continuou em cima dos americanos, que resistiram apenas mais seis minutos. Dessa vez a situação foi invertida, Fred fez bom passe para Chiquinho, que desviou, Fernando Henrique defendeu parcialmente e, no rebote, Cícero promoveu a virada.

No segundo tempo, o milagre começou a surgir cedo, aos 4 minutos Max tabelou com Andrezinho e apareceu na cara do gol, para empatar o jogo novamente. Sentindo o momento favorável, Oliveira Canindé trocou Max por Alfredo, que entrou em alquimia perfeita com Rodrigo Pimpão e os dois acabaram com o Fluminense.

Com a defesa carioca batendo cabeça, Alfredo deixou o milagre ainda mais próximo ao se aproveitar de uma falha de Cavalieri e tocar para o gol vazio, fazendo 3 a 2. As chances continuaram aparecendo e Alfredo, aos 37, marcou seu segundo gol provando que o sonho poderia se tornar realidade, aumentando a diferença para 4 a 2.

Atônitos os tricolores assistiam a tudo sem acreditar, mas o pior ainda estava por vir, em nova falha de marcação, em nova participação da dupla Alfredo Pimpão, este último vê a bola sobrar em sua frente e manda para o fundo do gol, promovendo uma das maiores reviravoltas assistida na Copa do Brasil: 5 a 2. Era a glória, Deus ajudando quem trabalhou e nunca desistiu de seu sonho: América classificado!

Ficha técnica
Fluminense (2): Cavalieri, Bruno, Elivélton, Fabrício e Carlinhos; Valencia, Jean, Cícero e Chiquinho (Wágner); Rafael Sobis (Conca) e Fred (Walter). Técnico: Cristovão Borges
América/RN (5): Fernando Henrique, Marcelinho, Cleber, Lazaro e Paulo Henrique; Márcio Passos, Tiago Dutra (Val), Andrezinho e Jeferson (Pimpão); Arthur Henrique e Max (Alfredo) Técnico: Oliveira Canindé
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo Ferreira (SC)
Auxiliares: Nadine Bastos (SC) e Angelo Bechi (SC)
Público: 4.355 pagantes

Nenhum comentário: