quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Governo do RN decreta luto de três dias por morte de Eduardo Campos

O governo do Rio Grande do Norte decretou luto de três dias pela morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República Eduardo Campos. O decreto será publicado na edição desta quinta-feira (14) do Diário Oficial do Estado, segundo informou uma nota enviada pelo governo. O avião em que Campos estava caiu em Santos na manhã desta quarta-feira (13). A morte do presidenciável foi lamentada por autoridades e políticos do estado.

A candidata ao Senado e presidente do PSB no Rio Grande do Norte, Vilma de Faria, postou em seu perfil do Twitter três mensagens sobre a tragédia. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, e a governadora Rosalba Ciarlini também divulgaram notas lamentando a morte do presidenciável.


Com programação prevista no RN, o candidato a Presidência da República Aécio Neves (PSDB) cancelou a agendaque teria no estado após tomar conhecimento da queda do avião em que estava o ex-governador de Pernambuco.

Os candidatos ao governo do RN Henrique Eduardo Alves (PMDB), Robinson Faria (PSD), Simone Dutra (PSTU) e Araken Farias (PSL) cancelaram as agendas de quarta e quinta. A assessoria do Professor Robério Paulino (PSOL) não informou se o candidato iria manter ou cancelar a agenda. Os candidatos participariam do debate de uma emissora de TV na noite desta quinta-feira, mas o encontro foi cancelado.

Nenhum comentário: