quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Corpo de Bombeiros apresenta projeto para ampliar salvamentos no litoral


O Corpo de Bombeiros apresentou, nesta quinta-feira (21), as propostas do projeto "Litoral Mais Seguro" para o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) Eliéser Girão. O objetivo é ampliar o serviço de salvamento aquático e atividades de socorros de urgência, na extensão do litoral do Rio Grande do Norte.

De acordo com o subcomandante do Grupamento de Busca e Salvamento, o 1º tenente Natanael Avelino, nos últimos anos cresceu o número de ocorrências no litoral. "As ocorrências atendidas no litoral, nos últimos 4 anos, aumentaram 50%. Em 2013 foram 106 salvamentos aquáticos. Fazendo o comparativo entre o período janeiro à junho de 2014, e a Copa do Mundo, temos um aumento de 662,5% nos casos de salvamento aquático e 2.500% nos atendimentos pré-hospitalares no litoral. No primeiro semestre de 2014 registramos 5.917 ocorrências nas praias potiguares, sendo destes 53 salvamentos realizados", disse
 

Para garantir aos banhistas potiguares e turistas a mesma segurança oferecida durante a Copa do Mundo, o CBMRN aposta na efetivação do projeto "Litoral Mais Seguro" que prevê a reestruturação da frota e aquisição de novos equipamentos e materiais destinados ao serviço de prevenção e salvamento aquático. "O Litoral Mais Seguro tem por objetivo diminuir o número de ocorrências de salvamento aquático com vítimas em óbito, abranger maiores áreas de fiscalização no litoral do RN e aumentar a sensação de segurança, de forma a proporcionar a recepção de um maior número de turistas, produzindo o aumento da economia no setor. Para isso, será necessário, além dos equipamentos, aumentar o número do efetivo de guarda-vidas no RN, que atualmente conta com apenas 45 militares, sendo o ideal 232 e mais 20 socorristas", disse o Comandante Geral do CBMRN, Elizeu Dantas.

O projeto apresentado ao secretário da Sesed, Eliéser Girão Monteiro Filho, pelos profissionais da Diretoria de Engenharia e Operações (DEO) do CBMRN tem como meta ampliar de 04 para 23 Postos Avançados de Guarda-Vidas, do extremo litoral norte (São Miguel do Gostoso) ao extremo litoral sul (Baía Formosa), abrangendo, aproximadamente, 209 km de costa (50% do litoral potiguar). O custo total do projeto foi orçado em torno de R$ 5.102.750,00 e abrange a aquisição de viaturas como ambulâncias, buggys, pick us, Jet Ski, entre outros equipamentos. O planejamento engloba ações de prevenção de salvamento aquático (Blitz Educativa, Criança à Vista, Turista Legal), além de ações mais ostensivas nas áreas dos Resgates e Atendimento pré-hospitalar.

Nenhum comentário: