sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Imprensa argentina anuncia retorno de Messi à seleção nesta sexta-feira

Messi Argentina x Chile (Foto: AP)
Poucas horas antes da convocação da seleção argentina para os jogos contra Uruguai e Venezuela pelas eliminatórias para a Copa, a imprensa argentina já anuncia o retorno de Lionel Messi à Albiceleste. Circula na internet um comunicado que teria sido emitido pela assessoria do jogador, que anunciou sua aposentadoria da seleção após a derrota para o Chile na Copa América de 2016.
A saída de Messi foi anunciada no meio da crise da AFA, que precisou de uma intervenção. Messi criticou a entidade durante a Copa América e afirmou que não jogaria mais pela seleção argentina depois da Albiceleste perder para o Chile nos pênaltis após empate sem gols no tempo normal. O camisa 10 desperdiçou sua cobrança, finalizando para fora.
Caso o retorno se concretize, Messi tem a chance de se distanciar ainda mais como maior artilheiro argentino, posto que já ocupa com 55 gols marcados. Aos 29 anos, ele soma também 113 jogos com a Albiceleste e pode se tornar o jogador com maior número de partidas disputadas pela seleção argentina. O recorde é de Javier Zanetti, com 143.
Na mensagem, Messi afirma que não quer ser ser mais um problema para o futebol argentino, e que agradece o apoio de todos os que querem que ele siga jogando na seleção argentina. 
Confira a íntegra do comunicado:
Lionel Messi continuará jogando com a seleção argentina. O jogador declarou: "Vejo que há muitos problemas no futebol argentino e não pretendo criar um a mais. Não quero causar nenhum dando, sempre pretendi o contrário: ajudar em tudo o que pude.

Messi considera que "tem que se consertar muitas coisas no nosso futebol argentino, mas prefiro fazê-lo de dentro, e não criticando de fora. O atacante argentino reconheceu que "passaram muitas coisas pela cabeça no dia da última final e pensei seriamente em deixar (a seleção), mas amo muito meu país e esta camisa".

Messi não ficou alheio às mostras de apoio recebido desde o dia da final da Copa América. Agradeço a todas as pessoas que querem que eu siga jogando com a Argentina. Tomara que possamos dar alguma alegria em breve.

Nenhum comentário: