terça-feira, 29 de julho de 2014

BRASILEIROS PRECISAM TROCAR CARTÃO SUS PELO MODELO NOVO!

  
MODELOS ANTIGOS


MODELO NOVO



O documento é pessoal e intransferível. Possibilita atendimentos em qualquer parte do território brasileiro. É utilizado para consultas médicas, internamentos hospitalares, autorizações para exames de raios X e ultrassonografia, por exemplo.  

Os cidadãos que possuem o Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), com os números 1, 2 ou 8, no início da sequência acima do código de barras no verso do documento de plástico, ou na frente, nos de papel, devem continuar solicitando a substituição do provisório para o definitivo. O cartão será trocado por um com início pelo número 7, em cumprimento à exigência do Ministério da Saúde sobre o cadastramento do CPF, o que não havia antes.
  
  “Aconselhamos que efetuem a troca assim que possível, para que possuam o novo, com seus dados cadastrados nacionalmente”, observa. “O Cartão SUS não deixará de existir, isso é boato. A substituição dos números também não, mas quanto antes ser feita, melhor”, pondera.


Para que serve
O Cartão SUS é pessoal e intransferível. Ele possibilita atendimentos em qualquer parte do território brasileiro. Em Lages é emitido somente para os moradores do município. É utilizado para consultas médicas, internamentos hospitalares, autorizações para exames de raios X e ultrassonografia, biópsias, psicólogo, hidroterapia, fisioterapia, entre outros. “Quando o paciente é internado, em até 40 dias recebe em casa uma carta do Ministério da Saúde, com a discriminação de todas as despesas custeadas pelo SUS”, relata Erika.


Segundo ela, o código de barras do verso possibilita acessar o banco de dados nacional, com CPF e endereço. Para solicitar a primeira ou demais vias do Cartão SUS e substituir o de papel ou as numerações, o cidadão deve se dirigir as Secretarias Municipais de Saúde com carteira de identidade, CPF e comprovante de residência..
  
A pessoa sai do local com o cartão pronto, gratuitamente. “Não é preciso todos os membros da família virem; um deles pode solicitar, mas com os documentos dos demais em mãos”, 


Nenhum comentário: