sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Seu cotovelo dói? Isso pode ter a ver com as selfies que você tira

Seu cotovelo dói? Isso pode ter a ver com as selfies que você anda tirando

Atualmente, as selfies são muito comuns e aparecem em todas as redes sociais. No entanto, é preciso ter atenção, pois o abuso pode causar danos psicológicos e físicos. Em um vídeo publicado no site da CNN en Español, Marta García explica que, às vezes, a tecnologia pode causar lesões, como o “cotovelo de selfie”.

Efeitos físicos e psicológicos da selfie

Sim, é isso mesmo: é possível lesionar o cotovelo tirando selfies. Além de acabarem com a memória do celular, os adeptos de tirar um autorretrato atrás do outro podem sentir agudas dores no cotovelo.
Com o sucesso das selfies e os problemas derivados de tal moda pós-moderna, os especialistas alertam acerca do aumento de casos de dores musculares e até lesões relacionadas com as novas tecnologias. Um exemplo é a síndrome do túnel do carpo, uma dor intensa que surge no pulso devido aos movimentos repetitivos dos braços e das mãos quando usamos o teclado ou o mouse do computador.

Com relação aos efeitos psicológicos, alguns estudos recentes afirmam que as pessoas que olham as selfies de outras pessoas podem sentir ciúmes, redução na autoestima e insatisfação com a própria vida.
No entanto, outra pesquisa afirma que as mulheres que postam suas selfies nas redes sociais sentem um reforço na autoestima e os comentários positivos de outras pessoas ajudam em sua autoconfiança.

Jeito correto de tirar uma selfie

Para evitar lesões, é necessário seguir algumas recomendações na hora de tirar uma selfie: para tirar um autorretrato, devemos esticar o braço e mantê-lo nessa posição durante um tempo. Quando esse movimento é feito muitas vezes ao dia, gera muita tensão no músculo, o que pode produzir inflamação. O “pau de selfie” também pode ser útil para as pessoas que adoram tirar fotos.
Na reportagem feita pela CNN en Español, Marta García afirma que os médicos recomendam alguns alongamentos e movimentos, e sobretudo, evitar tirar fotos com o mesmo braço.

Nenhum comentário: