sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Aposentado é preso com 57 mil comprimidos de ecstasy no RN

Droga sintética foi encontrada em fundos falsos nas malas do homem  (Foto: Divulgação/PF)
Policiais federais prenderam em flagrante, no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, na Grande Natal, um funcionário público aposentado, catarinense, 62 anos, acusado de tráfico internacional de drogas. O homem foi detido na noite desta quinta-feira (9) com aproximadamente 13kg de ecstasy . A droga sintética  estava escondida em fundos falsos de malas trazidas de Amsterdã, na Holanda.

Segundo a PF, o flagrante aconteceu durante uma fiscalização de rotina, quando eram abordados os passageiros que chegavam do exterior. De acordo com a PF, a Receita Federal  detectou duas malas de conteúdo suspeito através do raio-x. Durante a vistoria foram achados escondidos em fundos falsos, seis tabletes de droga sintética envoltos em fitas plásticas. Segundo a PF, esta foi a segunda maior apreensão de droga sintética já realizada em solo potiguar em toda a sua história.
O acusado recebeu voz de prisão e foi conduzido para os devidos procedimentos de autuação na sede da Polícia Federal em Lagoa Nova, onde a droga foi periciada e apresentou resultado preliminar positivo para a família das anfetaminas e/ou derivados (ecstasy).

Durante o seu interrogatório, o acusado disse que foi contratado por um desconhecido na cidade onde mora, em Santa Catarina e, de lá, viajou até a Holanda, onde  recebeu as duas malas, acreditando estarem com dinheiro. Declarou ainda que pegou um voo em Lisboa, Portugal, com destino a Natal e aqui, pretendia viajar de ônibus até Santa Catarina, onde a bagagem deveria ser entregue.

Indiciado por tráfico internacional de drogas, o acusado permanece custodiado na Superintendência da PF, à disposição da Justiça.

Nenhum comentário: